Introdução à ATWA Brasil

logo final

Afinal, o que é ATWA Brasil?

Para essa pergunta, não existe uma única resposta. Assim como não existe uma resposta correta, não existe uma resposta errada. Assim como o próprio nome, o desenvolvimento dessa idéia acontece em paralelo com o mundo, com a interação dos seres humanos com o nosso planeta, e nunca haverá uma simples definição.

Enfim, quem quer uma simples definição? O ser humano parece ser guiado por definições. Enquanto as coisas estão definidas, enquanto existe um rótulo, o ser humano se sente seguro. É assim com tudo. O dia está quente, o dia está frio. O humor de alguém está bom, o humor está ruim. Aquela é uma pessoa boa, aquela é uma pessoa má. Hoje é primavera, amanhã será verão. Enquanto existe um rótulo, tudo parece estar sob controle.

O grande problema acontece quando não se sabe como rotular um caso. O ser humano se perde, fica imerso em uma completa escuridão. Acontece que tudo o que se rotula perde uma parte do que é de verdade. Quando se rotula um homem de paranóico, ele perde grande parte do que é ser um homem. Quando se rotula um incidente como “crime”, esse incidente perde qualquer racionalidade. Nesse contexto, é vital afirmar que a ATWA Brasil existe sem um rótulo. Não há o que se rotular porque não existe uma única definição, e assim deve permanecer. Sabe-se que está presente, que está entre nós, que faz parte de nós, mas não há uma classificação para isso.

A ATWA Brasil não é uma organização – não possui membros, associados, líderes ou seguidores. Trata-se de um estado de conscientização, de comprometimento com a sobrevivência. No contexto de que todos os seres humanos são irmãos nesse planeta, de que todas as ações devem ser balanceadas para que se tenha paz e a continuação da vida humana, a ATWA Brasil procura acordar e unir pessoas com o mesmo interesse e objetivo. Aqueles que tiverem empenho em buscar e fazer saberão naturalmente como agir.

Mas o que é ATWA?

Essa idéia deriva do acrônimo ATWA, que em inglês significa Air, Trees, Water, Animals (em português, “Ar, Árvores, Água, Animais”). Claramente, refere-se aos elementos da biosfera que são vitais para a sobrevivência do ser humano. O termo foi idealizado por Charles Manson na década de 1970, representando o sistema de vida do planeta Terra. Nesse contexto, ATWA é a inteligência que permite a vida nesse planeta, e ao mesmo tempo a oposição a tudo aquilo que representa uma ameaça a essa inteligência – uma ameaça à sobrevivência.

ATWA é um estado de conscientização radical contínua, um modo de pensar e agir para restaurar o que for possível da harmonia que sustenta o nosso planeta. Falando aqui em harmonia, não significa somente informar e combater o sistema poluidor que alimenta as sociedades modernas, mas também enfrentar os maus que a mídia corporativa nutre. Em termos de proteção da vida e conscientização, pode se dizer que a mídia corporativa representa o “inimigo em casa”.

A proposta de ATWA enfatiza a unidade da vida na Terra. Charles Manson descreveu esse contexto da seguinte forma: “Ecologia é Deus, porque sem ela nós estaremos mortos para sempre”. Essa perspectiva confirma a urgência moral de trabalhar por ATWA. Como explicou uma das idealizadoras do conceito, Sandra Good: “ATWA é a nossa sobrevivência na Terra. É uma revolução contra a poluição. ATWA é uma guerra santa. Ou você está trabalhando por ATWA, pela vida, ou você está trabalhando pela morte. Corrija e viva, ou corra disso e morra”.

logo final

© 2009 ATWA Brasil

Anúncios

~ por Rotten Ideas em 18/04/2009.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: