O poder do “isso mesmo”

Abaixo, outra carta de Charles Manson escrita em 2007.

Ele conta um pouco sobre a sua percepção do sistema penitenciário, comparando com a sociedade que se considera livre do outro lado dos muros de concreto. Charlie também discute a noção da existência de Deus, e elabora uma teoria sobre o que realmente é um pecado. No final, ele faz um breve comentário sobre a suposta “Família Manson”, e cita ATWA como a filosofia desse grupo.

É importante enfatizar que Charles Manson escreve de uma maneira muito particular, como se fosse um diálogo contínuo, ligando idéias diferentes e noções separadas como se estivesse em um monólogo. Somando a isso o uso de um inglês carregado de gírias e expressões usadas nas prisões americanas, se torna difícil traduzir realmente a essência de suas idéias. Sendo assim, a tradução abaixo representa o melhor que fui capaz de fazer.

manson_righton

“É assim que realmente é…

Todos os bebês que estão nascendo são como uma maratona. Eles todos se iniciam na vida, indo, não sabendo que, na realidade, eles já sabem de tudo. Eles são roubados de si, e eles realmente acreditam que há um lugar para ir, porque eles não são informados de que eles já sabem de tudo.

A eternidade é agora, e nós nascemos em estado de confusão. Portanto, temos que passar por essa confusão chamada civilização para descobrir que tudo é uma mentira, e então poder começar tudo novamente.

E quando nós começamos novamente, existem diferentes palavras que nascem, em um jogo ou uma corrida em direção a onde elas pensavam que estavam indo, e existem palavras e formas de honra que podem ser expressadas em verdade, pois a verdade é eternidade e as mentiras são enganos e fraudes – mentiras e enganos andam em círculos e acabam onde começam.

Em outras palavras, os hindus provavelmente captaram a idéia antes de todo mundo, milhares e milhares de anos atrás – eles descobriram o carma, e o balanço disso que vive em ciclos. Eu descobri isso nos reformatórios, antes de saber o que um hindu era, porque eu era uma criança, nascido e deixado sozinho para descobrir tudo por mim mesmo. Existe um monte de ‘eus’ hoje em dia.

Existiu um cara chamado Jesus que nasceu sem um pai, e ele descobriu isso, e quando ele descobriu isso ele também descobriu César. César era supostamente como um Deus, e quando ele descobriu Deus, todos pensavam que ele era Deus. Mas ele não era Deus, ele só havia descoberto o que Deus era. Quando você descobre o que Deus é, você percebe que é somente uma palavra, e saber disso é conhecer o verdadeiro Deus, em percepção e consciência.

Então, o que acontece nessa maratona que nós começamos? Só a verdade vai resistir. As mentiras vão desaparecer e morrer mais cedo ou mais tarde.

Comece uma maratona com um grupo de pessoas que você conhece, e elas vão todas com o tempo se afastar por se venderem por dinheiro, mentiras, enganações e todas essas ilusões – o que está OK, porque você sabe que elas só estão fazendo isso com elas mesmas de qualquer maneira, apesar da maioria das pessoas não saberem o que a eternidade é, e não saberem o que a alma é. Elas nem sabem que elas de fato têm uma eternidade. Então elas nascem e morrem antes mesmo de saber disso, e no fim elas acabam não valendo nada.

Mas o que acontece é que existem umas poucas pessoas ou seres que não se desprendem da justiça e da verdade, então eles acabam na posição de autoridade de…

Você está pronto para isto? Você já ouviu a expressão ISSO MESMO? Bom, ISSO MESMO começa nas prisões. Como a maioria das coisas, ela começa no nível mais baixo. Então eu tive que ir para a prisão para definir ATWA. Se ATWA não é definido no abstrato, mas definido no poço da Terra…

Você pode andar pelas ruas e tentar iniciar uma palavra, mas isso não vai se sustentar. Você pode dizer ‘bebopalubop’ ou ‘jitterbug’ ou inventar uma música que possa durar por uns 20 anos – ela pode durar 100 anos, mas o que estamos falando aqui é de tradições, e tradições são estabelecidas na vida.

Uma tradição não é algo que alguém define; é um pensamento universal que nasce verdadeiramente. É como as pessoas que não têm um lugar para ficar. Elas não têm um espaço para fazer um jardim. Elas não têm uma mente presa a um local. As mentes delas estão onde elas estão indo, ou de onde elas vieram. Elas não têm uma mente fixada onde elas estão agora. Onde elas estão agora é simplesmente ISSO MESMO.

Então nós começamos com, digamos 100 pessoas, e essas 100 pessoas estão dizendo ISSO MESMO. E aí uma dessas pessoas se vende, consegue a liberdade condicional e abandona tudo isso por uma outra pessoa, e causa infelicidade para essa pessoa, enquanto ela sai e pensa que vai ter um bom dia, você entende? Mas ela sai e acaba se afogando no oceano. E aí uma outra pessoa se vende por um outro motivo, e em seguida você olha ao seu redor, e todos se foram, você entende?

Então você nasce de novo, e você se torna como uma criança, e você tenta descobrir como transcender a confusão e usar a sua inteligência para sobreviver, e usar a sua inteligência para entender o que Deus é, e o que é a paz, e o que são todas as coisas que completam a sua vida – e então eu passo isso para você, ISSO MESMO.

E você fala: ‘ISSO MESMO são somente duas palavras’. Mas aí você vê os 150 anos de prisões; duas ou três guerras mundiais. Você vê os holandeses, os amishes e os quakers, que inventaram as prisões para dar às pessoas uma chance de reabilitação, sob as premissas das realidades da condição humana, e o modo como as pessoas realmente são na perspectiva animal.

Você pode castigar uma criança quando ela é jovem o bastante para ser formada, como um pedaço de argila em um molde, em uma perspectiva que você sente ser vantajosa para a sua própria sobrevivência – dos seus parentes, dos seres que são como você, das suas crianças. Quando você tem um filho, você quer que o seu filho tenha um mundo melhor do que o que você teve. Você quer que o seu filho tenha um lugar na Terra para poder viver. Você quer que ele tenha árvores, você quer que ele tenha uma chance de sobreviver. E você vê o quão sombrio e fechado as ‘pessoas justas’ que brincam com ISSO MESMO são. Elas brincam com as palavras, levantam as mãos e gritam e uivam o nome de Deus, e quando ninguém mais está olhando elas estão fingindo e enganando e jogando todos os outros jogos do outro lado. E assim você vê os dois lados de cada lado, e você consegue perceber o que está entre os dois lados. E então você vê que nenhum jogo é o melhor jogo, que nenhum jogo inclui todos os outros jogos, porque os jogos são invenções de um ambiente artificial, com uma coisa artificial chamada ‘tempo’. Tempo não é hoje. Um dia por vez é nas prisões. Isso se mantém nas prisões desde que as prisões existem, porque é a lei, e a lei é a vontade de Deus. A vontade de Deus é a lei.

Os humanos transformaram isso em uma piada. Eles não cumprem a lei porque eles não têm um verdadeiro Deus. Todos os deuses deles são falsos, todos os deuses deles são deuses de mentira. Todos os deuses deles são usados para fazer dinheiro. Eles não vão um passo mais profundamente do que alguém lhes disse, porque a verdade vai trazer lágrimas e tristeza. A verdade é difícil de encarar porque tem sido enterrada nos cemitérios há tanto tempo.

Poucas pessoas deram suas vidas pelo poder de ISSO MESMO. ISSO MESMO está nos cemitérios. Todos os soldados que deram as vidas por você, para que você tivesse uma chance de sobrevivência na Terra. O seu ta-ta-ta-ta-ta-taravô marchou por algum motivo particular da época dele. A sua raça, o seu povo, o seu amor, os seus filhos vêm de um passado infinito.

Então o ISSO MESMO está com você agora – em seus computadores. Quer dizer, a ordem, a lei de Deus. A lei de Deus é simplesmente sobreviver, senão não há Deus. Pecado é quando você faz algo contra você mesmo – você está pecando contra Deus porque Deus está dentro de você.

O seu corpo abriga Deus, e desrespeitar o seu corpo é um desrespeito a Deus. Fazer algum mal a qualquer coisa viva é fazer um mal a si mesmo. Se você pisa em um inseto, joga spray em uma aranha, mata os animais ou come os hambúrgueres feitos deles ou qualquer outra coisa que você faça contra a vida, você está na verdade fazendo contra você, porque você é todas as vidas. Você é todo o mundo, você é a ordem, você é a sobrevivência, você é a atmosfera, você é as árvores, você é os animais, os insetos, pássaros, abelhas. Você é tudo, e não existe algo ruim. Tudo é bom. O único mal que existe é quando você faz algo contra você mesmo. O ISSO MESMO é quem manda agora.

E só existo eu aqui sozinho. Todas as outras pessoas encontraram suas desculpas para fugir e se esconder delas mesmas porque elas não conseguem aceitar a realidade. Porque a verdade é muito, muito pesada, muito rápida, não é para o consumo humano.

Os humanos não conseguem compreender a maneira do lobo, ou da cobra que vive nos arbustos, ou da abelha que entrega a sua vida quando precisa picar alguém. Era assim que era a chamada ‘Família Manson’ – abelhas que picavam para sobreviver. Eles faziam o que acreditavam ser correto, como nós, que somos todos soldados da verdade por ATWA. Porque ATWA é a vida de todos, e essa á simplicidade do ISSO MESMO.

Poder para a alma, a mente e o corpo”.

-Charles Mac Manson

logo final

© 2009 ATWA Brasil

Anúncios

~ por Rotten Ideas em 23/07/2009.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: