O tribunal da mente

“Em toda a minha vida, e onde eu vivi, as maneiras que as coisas vieram até mim tiveram muita influência sobre o que eu sou, o que eu faço, onde eu vou, onde eu não vou, de onde eu venho. O tribunal dos meus dias, no meu tempo, tornou-se uma câmara do meu tribunal em meus pensamentos e na minha mente. Nós fazemos o que o tribunal diz, de uma maneira ou outra, se queremos sobreviver, viver e ter uma vida. Eu sou o que o tribunal diz que eu sou, goste ou não. Eu sou as câmaras do meu tribunal.

Em outras palavras, se os tribunais pegam você, levam você e obtém um veredicto, isso torna tudo uma realidade. Muito mais do que o médico assinar sua certidão de nascimento! Você está confirmado pelo tribunal como sendo o que você é! Não tem nada a ver com qualquer outra realidade, apenas com a do juiz que se senta no tribunal e representa o olho no dinheiro.

Isso quer dizer o seguinte: real só pode ser o que o tribunal diz! O tribunal diz que eu sou uma seita e um líder, goste disso ou não. Eu sou um negociador da vida e da morte! O que eu fiz ou não fiz antes, está no vento. Em outras palavras, não importa o que eu fiz antes. O que o tribunal diz é o que eu tenho que fazer agora. O que o tribunal diz permanece. Fica para sempre!

Em todos os tribunais em que eu estive, a minha mente é apenas uma câmara. O buraco do qual eu saí foi a prisão. Você pode chamá-la de mãe, mas era a prisão. Tudo o que está em tudo, está detido na prisão de tudo o que não é. E o nada tem de tudo! E não é a prisão tudo, acusada de ser nada, ou é nada detido por tudo?

Isso é um pensamento inteligente, de uma forma de vida inteligente, que sofreu por 60 anos para acordar para esse axioma. Quando as pessoas mentem para ou sobre mim, e não me deixam ser o que eu sou, elas acabam com esse julgamento sobre elas mesmas. (Não tem nada a ver comigo. Levei muito tempo para acordar para isso, também.) Eu posso ajudar uma pessoa, mas não até que ela veja e saiba, eu posso e serei verdadeiro! Se você sabe que eu vou ser sincero, só pode ser porque você também será sincero. Mas primeiro a pessoa deve ser verdadeira e correta com ela mesma, comigo.

O que foi feito contra mim na minha vontade, é a vontade que virá de volta, contra eles. E é o meu tribunal. Eu sou Charles. O tribunal disse isso, e eu estava lá antes de eu ter conhecido qualquer pessoa que estivesse viva em 1969. Eu tenho sido os tribunais, e tudo o que era e que poderia ser, e eu fui ao médico e lhe entreguei a minha vida! Eu comprei o hospital com meu dinheiro da prisão, e fui enganado sobre isso. Isso retornará na verdade, até que a honra e a justiça sejam recolocadas em seus devidos lugares.

(Em outras palavras, o que isso significa é que eu desisti de uma operação de hérnia, me deitei e arrisquei perder a minha vida! Porque eles não me deixavam ir a um hospital fora da prisão. Disseram que era um plano de fuga. Então, eles disseram que queriam usar isso para ir para Sacramento, e apropriarem-se de 7 milhões de dólares, usar a notoriedade do meu caso para fazer 7 milhões de dólares dos fundos da prisão, para construir esse hospital. E o doutor disse que se eu fizesse isso, e eles conseguissem o hospital, que eles me dariam a primeira vassoura. Eu deveria ser a vassoura no hospital. Eu fiz esse trabalho na prisão federal, e eu fiz isso em Vacaville, e era para eu conseguir esse emprego no hospital, e eu estaria ajudando a todos, como eu sempre fiz.)

Quando uma pessoa mente, ela está com as mentiras. Foi-me dito que eu iria ganhar essas coisas. Eu ganharia a primeira vassoura no novo hospital, e as pessoas pensaram que me enganaram, mas os truques sempre voltam ao local onde eles começaram.

Susan Atkins tem mentido para as pessoas, e quem mente pensa que todo mundo também mente. Então o que aconteceu lá, o motivo de eu estar escrevendo essa carta, e enviar essa carta, é que o médico está sob acusação e todo mundo está de olho no caso dele. E ele está agora em um tribunal, e ele não pode existir porque ele tem mentiras demais sobre ele. Ele tem as mentiras do hindu vindo e dizendo que ele é o médico. Porque o cara que tocou fogo em mim, você se lembra disso? Ele matou o pai dele por um guru hindu, que disse que só havia cura com Deus. Então, assim que ele matou o pai dele, o guru fez um corte de cabelo, virou-se, e voltou como um médico. Ele disse que ele não tinha nada a ver com esse cara. Você entende? Então, quando eu fui fazer uma colonoscopia, ele estava por cima do meu médico (que me fez a operação de hérnia), com uma mentira que tinha a ver com algum cara que havia matado a esposa dele. E ele estava enganando esse hindu, o fazendo pensar que ele era um hindu também, e ele aceitou essa religião, entende?

E ele fingiu que ele havia se enforcado, e o hindu o deixou sair pela porta dos fundos, em um programa de testemunhas, com o administrador de outro programa que estava mentindo sobre os cristãos. Quando ele viu o cristão mentindo, pregando mentiras por todos os lados, então ele só seguiu o exemplo, e não há verdade no que eles estão fazendo, não há honra! Você entende isso? Então o cara volta para mim porque eles estão processando ele. E eles estão retirando o diploma dele, e roubando a sua vida, e ele não pode obter o hospital dele, e ele não pode ter os seus médicos, e ele está perdendo toda a sua associação médica! Você entende? Porque basta um buraco no barco para afundá-lo! Eu estou tentando consertar o buraco no meu barco para que eu possa começar a navegar com ele.

E eu não consigo encontrar nenhum sinal de justiça. Eu mal consigo passar essa carta para fora dessa porta. Em outras palavras, eu estou tendo problemas até em enviar cartas para você!

Eu tenho pessoas aqui que pensam que estão tomando alguma coisa de mim. Seja o que for, é cheio de confusão, mentiras e mais mentiras. E eu não posso ter nada direito nesse lugar, cara. Eles roubam as minhas coisas e fazem tudo o que querem fazer com a minha vida. Eles mandaram embora três gerações de visitantes. Eles expulsaram a Cappy. Expulsaram a Ansome e o T.J. Falaram que eles haviam morrido.

Deixe-me dizer isso a você: você não pode fingir! Tem que ser real ou não vai funcionar. Se não é real e não é verdade, simplesmente não vai dar certo, cara. Você tem que ser real, você tem que ser justo, você tem que fazê-lo da maneira que deveria ser feito, e isso não tem nada a ver comigo. ‘Comigo’ é só uma palavra, cara.

A justiça pertence a todos. Tudo o que eu estou dizendo é todo mundo. Eu não sou o único. Não há ninguém que é o único. Todo mundo é o único. Todo mundo tem o único dentro deles.

-Manson”

© 2010 ATWA Brasil

Anúncios

~ por ATWA Brasil em 17/05/2010.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: